Goethe-Institut Curitiba inaugura exposição de quadrinhos inspirados em Alexander von Humbold

O evento marcou a abertura da participação do instituto na 10ª Semana de Arte, Cultura e Literatura

Nesta segunda-feira, 14 de outubro, o Goethe-Institut inaugurou uma exposição de quadrinhos criados por seis artistas de Curitiba inspirados nos desenhos de zoologia e botânica do explorador alemão Alexander von Humboldt, que completaria 250 anos em 2019. O evento, que contou com a participação de profissionais da rede municipal de ensino, faz parte da 10ª Semana de Arte, Cultura e Literatura (SACL) da Secretaria Municipal de Educação de Curitiba (SME).

A exposição, que também é parte de uma temporada temática transnacional, organizada pela instituição em toda América Latina, apresenta as criações dos artistas Gustavo Alcindo, Alexandre Baltazar, José Marconi, Fúlvio Pacheco, João Ferreira e José Aguiar, que dirigiu o projeto em Curitiba a convite do Goethe-Institut. Para conhecer melhor o trabalho de Alexander von Humboldt, que tem mais de 1.500 imagens, ele participou de um workshop da artista Tine Fetz, em São Paulo, e trouxe essa experiência para os artistas convidados do projeto. “Todos eles passaram pela mesma situação que eu: descobrir mais sobre quem era Humboldt e, a partir disso, fazer criações inspiradas nas ilustrações dele. Então, cada um criou imagens, fez exercícios desenhando os animais e depois elaboramos uma narrativa, uma história em quadrinhos”, explica Aguiar.

A abertura ainda contou com óculos de realidade virtual para que o público pudesse transpor-se ao universo humboldtiano pelo site‚ Humboldt 360°, e entender melhor as aspirações do naturalista e os desafios da atualidade.

De acordo com Margareth Caldas Fuchs, responsável pela Gerência de Educação e Cultura da Secretaria Municipal de Educação de Curitiba, essa foi uma oportunidade de aprimoramento para os profissionais de educação e servidores de Curitiba. “Esse evento possibilita a ampliação cultural de nossos profissionais da educação e também permite que nossos servidores possam conhecer espaços culturais da cidade”, observa.

A exposição está em cartaz no Foyer do Goethe-Institut (Rua Reinaldino S. de Quadros, 33 – Alto da XV) até o final do ano. Todos os trabalhos também estão disponíveis no site https://www.goethe.de/prj/hya/pt/index.html.

  • PDF
  • Imprima tranquilo! Nosso layout de impressão não consumirá muitos recursos de sua impressora, pois é preto e branco e contém apenas o texto do artigo.

    Imprimir
  • Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>